Tipo da Fonte em Londres!

banner

Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015, o Tipo da Fonte esteve presente no 4 Designers Conference em Londres. O 4 Designers é um evento que dura apenas um dia e que consiste em quatro palestras e sessões de perguntas e respostas com 5 profissionais especialistas em alguma vertente na área de design. Criado por estudantes de Arte e Desing, participar do 4 Designers é ter acesso a uma conversa íntima e super relevante com alguns dos designers mais reconhecidos do mundo. E esse ano não foi diferente. Tivemos Dave Palmer, Phil Carter, Alan Dye, Patrick Baglee como mediador, mas o destaque foi para Bruno Maag. E foi a partir dessa palestra que surgiu esse post.

Continuar lendo “Tipo da Fonte em Londres!”

Anúncios

Animated Typeface

 

esteticarmorial_edited-3

O poder de expressão de tipos gráficos em movimento em uma peça audiovisual já foi assunto do Tipo da Fonte e como já dito os mesmos podem proporcionar uma experiência mais coesa e imersiva, quando bem aplicada.

Por outro lado, a integração entre música e tipo limita a animação dos mesmos, uma vez que eles estão dançando conforme a música, literalmente. Em uma peça audiovisual  não faria tanto sentido animar letra a letra, uma vez que essas inúmeras e particulares animações não teriam tanto impacto dentro da sincronia desejada ou causariam uma certa perturbação visual na composição geral da peça, tirando o foco do todo e passando-o para as animações individuais de cada caractere. Assim, não é muito usual se lançar mão de alfabetos inteiramente animados em kinetic typographics, ainda que isto não seja impossível e apareçam de maneira mais pontual. Tais tipos gráficos, com animações para cada caractere, é o assunto que iremos abordar neste artigo.

Continuar lendo “Animated Typeface”

Quem faz tipografia no Brasil? – Parte 2

São eles que estão por trás das produções e iniciativas das fundições nacionais, são eles que quebram a cabeça, criam e recriam inovando a tipografia brasileira, sem eles o quadro atual seria outro bem inferior e é sobre alguns deles que essa segunda parte do post ‘Quem faz tipografia no Brasil?’ vai tratar.

Continuar lendo “Quem faz tipografia no Brasil? – Parte 2”