A Nova Fonte do Snapchat

Recentemente o Twitter principalmente testemunhou uma onda de comentarios – em sua maioria negativos – envolvendo o Snapchat e a nova fonte escolhida para o app. A atualização da interface do aplicativo ocorrida no começo de Março de 2016 não mostrou mudanças tão significativas e impactantes quanto a substitutição da fonte Helvetica pela nova fonte que permaneceu no anonimato apenas nos primeiros 3-4 dias desde a troca. As reações foram as mais diversas e os usuários sentiram quase que na pele o peso da mudança que, segundo alguns, não foram avisados com antencedência não podendo assim se prepararem para o baque de uma nova fonte estranha ao olho. Abaixo algumas dessas reações.

 

Com 74% de quase 3,000 menções sobre o assunto no dia da mudança, se tornando uma trending negativa de acordo com o Brandwatch. Usuários do iPhone também não gostaram nenhum pouco e foram mais diretos quanto a mudança não fazer jus de certa forma a persona deles como usuários da Apple.

A nova fonte substitui quase toda as áreas textuais do Snapchat no entanto aquela caixa de texto que sobrepoe as fotos permanceu inalterada. Abaixo uma comparação da interface antiga com a Helvética à esquerda e a mais atual com a nova fonte à direita.
 snapchat-1000-viewssnapchat-new-font-march-2016
A galera do Tipo da Fonte jogou prints da nova interface no WhatTheFont? na tentativa de obter respostas após tentativas sem sucesso de contatar a equipe de desenvolvedores do aplicativo e saber mais sobre a escolha da fonte. O interessante é que nenhuma das fontes sugeridas  é de fato a fonte escolhida mesmo a fonte oficial fazendo parte do inventário da MyFonts.
12165682_10154649435778135_483810569_n
Tirando de lado a questão de gosto, relação afetiva do usuário e uma interface e o quanto a escolha da tipografia influencia na criação desse laço, poucos dias depois da troca alguns poucos blogs já comentavam o ocorrido divulgando o nome da nova fonte como sendo a Avenir. Fizemos o teste de comparação entre a Avenir e a fonte da interface. – Abaixo para vocês conferirem.
snapchat-avenir2
A Avenir é uma fonte sans serif desenahda por ninguém menos que Adrian Frutiger em 1988. Frutiger buscou na Avenir uma forma de estilização mais contemporânea na forma de seus glifos mesmo seguindo na linha da Futura e da Erbar. Com discrição, leveza e sutileza no letterform, a Avenir (que significa Futuro no idioma francês) conseguiu facilmente se destacar da Helvetica de maneira nítida, deixando o Snapchat com uma personalidade ainda mais forte, impactante, amigável e bastante atual. Isso se deve ao fato de possuir curvas mais achatadas do que sua antecessora, uma altura de x levemente menor que passa a sensação de mais área de respiro e mais espaçamento entre os caracteres.
10706449_10154650217993135_1582831409_n

 

E vocês, o que acharam da mudança? As reclamações foram justas? Existe de fato uma melhor ou uma pior? Ou apenas conceitos/personalidades/intençoes divergentes? Fiquem a vontade para opinar e se expressar nos comentários abaixo. Em breve, a Avenir passará pelo nosso TypeAnalysis onde estudaremos a família mais a fundo.

 

Anúncios

Tipo da Fonte em Londres!

banner

Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015, o Tipo da Fonte esteve presente no 4 Designers Conference em Londres. O 4 Designers é um evento que dura apenas um dia e que consiste em quatro palestras e sessões de perguntas e respostas com 5 profissionais especialistas em alguma vertente na área de design. Criado por estudantes de Arte e Desing, participar do 4 Designers é ter acesso a uma conversa íntima e super relevante com alguns dos designers mais reconhecidos do mundo. E esse ano não foi diferente. Tivemos Dave Palmer, Phil Carter, Alan Dye, Patrick Baglee como mediador, mas o destaque foi para Bruno Maag. E foi a partir dessa palestra que surgiu esse post.

Continuar lendo “Tipo da Fonte em Londres!”

Estética Armorial

Capa do Post Estetica Armorial

“Debaixo da canícula do sol, os rebanhos iam sendo ferrados com a marca do proprietário do sítio e da ribeira onde estava situado, mostrando a todos os que testemunhavam o ocorrido que o animal abalizado tinha uma pertença. Mais que isso: através dos laços assinalados com fogo passava a identificar a família do criador, cujo simulacro parecia, muitas vezes, um emaranhado de grafismos e arabescos dispostos tal e qual seus ancestrais. A ansiedade primeira para o momento da ferra ia cedendo espaço, ao findar da tarde, ao sentimento de alegria de ver a obrigação cumprida. E, também, ao cansaço de um dia de muito esforço e trabalho, recompensado pelo deitar na rede, armada no alpendre, gozando dos ventos da boquinha da noite.”

Continuar lendo “Estética Armorial”

Tipografia Sensual

tipografia-sensual

Uma fonte possui uma variedade de formas e propriedades físicas visuais que despertam sensações em quem as consomem visualmente. Propriedades essas, intrinsecamente ligadas ao letterform, que são levadas em consideração na hora de escolher qual fonte melhor se adequa a mensagem do designer. A fonte escolhida nesse caso pode vir a ser o divisor de águas entre uma composição que desperte sensações e reações físicas concretas e uma peça cujo apelo é estritamente visual.

Continuar lendo “Tipografia Sensual”

OpenType – A Evolução da Fonte Digital

Imagem de abertura do post

Quem trabalha em algum campo relacionado com design provavelmente já deve ter ouvido falar de um formato de fonte digital recente chamado OpenType.  O OpenType não é de fato um formato , é na verdade  um híbrido de formatos existentes com extensões adicionais que ajudam os usuários a definir os tipos usados de uma maneira mais eficiente e permitem que mais recursos tipográficos sejam acrescentados, recursos que não eram possíveis com formatos de fontes anteriores. Iremos fazer um apanhado geral sobre o que é o OpenType e porque você deve apoiá-lo, principalmente se você precisa configurar tipos frequentemente.

Continuar lendo “OpenType – A Evolução da Fonte Digital”

O.TTF – Fontes baseadas em materiais do dia-a-dia

OTTF--Atividade

Muitas fontes, principalmente as do tipo display, têm suas formas definidas e baseadas em algum elemento ou material que a ela dá significado, sentido e limita sua aplicação. São exemplos dessas, fontes baseadas em chamas do fogo, fontes cujas formas lembram raios, elementos da cidade como arranha-céus e skylines, outras ainda que imitam fluidos, pedras e plantas. E conceber uma fonte baseada em um determinado material tonou-se uma das atividades realizadas na I O.TTF.

Continuar lendo “O.TTF – Fontes baseadas em materiais do dia-a-dia”

O.TTF – Oficina de Tipografia Tipo da Fonte

É com grande orgulho que anunciamos a primeira grande empreitada do Tipo da Fonte para além da web: A Oficina de Tipografia Tipo da Fonte – O.TTF. Um projeto que nasceu da cabeça de dois dos colaboradores há alguns meses e que foi recebido com muita empolgação pelo restante da equipe. Eis que surge essa oportunidade única de tornarmos concreto a O.TTF incluindo-a na programação da Media Week – Semana do Curso de Sistemas e Mídias Digitais na UFC. É o primeiro passo para a realização do projeto completo e estamos ansiosos para que chegue logo. Vocês acompanharão posteriormente o resultado do Laboratório e da Oficina em si, aqui mesmo no blog (fotos, vídeos, making of, entrevistas, opiniões…). A O.TTF acontecerá no dia 08 de Outubro das 14:00 as 18:00 na Campus do Pici – Fortaleza – Ceará.

Continuar lendo “O.TTF – Oficina de Tipografia Tipo da Fonte”